Gianne Lorena

Gianne Lorena – Monanto

apenas imaginar e imaginar acima de nuvens afagadas sob o céu de crepom, lilás: árvores consagrando gargalhadas em olhos, diamantados a natureza e o homem de mãos dadas sob todos os olhares do maltrapilho ao elegante à luz de florescentes flores no branco, o notável: risos e faces diferentes, errantes sob o mesmo céu, consolável …

Continue Reading
Gianne Lorena

Gianne Lorena – Abril

no vinil pelo universo, Jhon, diz: – nobody ever loved me like she does… lembrei da madrugada de Abril de quando Costinha tocava Strokes de quando avisei que não haveria fim fitou, e, como se não existisse o tempo seguiu, me beijando e, em quatro horas eu me vi amando à face de me perder …

Continue Reading