José Régio

José Régio – Natal

Mais uma vez, cá vimos  Festejar o teu novo nascimento,  Nós, que, parece, nos desiludimos  Do teu advento!  Cada vez o teu Reino é menos deste mundo!  Mas vimos, com as mãos cheias dos nossos pomos,  Festejar-te, — do fundo  Da miséria que somos.  Os que à chegada  Te vimos esperar com palmas, frutos, hinos,  …

Continue Reading