Machado de Assis

Machado de Assis – Os dois horizontes

Dois horizontes fecham nossa vida:            Um horizonte, — a saudade            Do que não há de voltar;            Outro horizonte, — a esperança            Dos tempos que hão de chegar;            No presente, — sempre escuro,—            Vive a alma ambiciosa            Na ilusão voluptuosa            Do passado e do futuro.            Os doces …

Continue Reading
Machado de Assis

Machado de Assis – Erro

Erro é teu. Amei-te um dia Com esse amor passageiro Que nasce na fantasia E não chega ao coração; Não foi amor, foi apenas Uma ligeira impressão; Um querer indiferente, Em tua presença, vivo, Morto, se estavas ausente, E se ora me vês esquivo, Se, como outrora, não vês Meus incensos de poeta Ir eu …

Continue Reading