Cacaso

Cacaso – Surdina

Primeiro o Tenório Jr. que sumiu na Argentina Depois quando perigava onze e meia da matina veio a notícia fatal: faleceu Elis Regina! Um arrepio gelado um frio de cocaína! A morte espreita calada na dobra de uma esquina rodando a sua matraca tocando a sua buzina Isso tudo sem falar na morte do velho …

Continue Reading
Cacaso

Cacaso – Refém

Eu sempre quis requebrar só me faltou poesia eu nunca soube rimar mas sempre tive ousadia nunca joguei o destino e nem matei a família a minha sorte na vida se escreve com C cedilha Eu nunca tive ideal nunca avancei o sinal nem profanei minha filha Eu me perdi muito além sendo meu próprio …

Continue Reading
Cacaso

Cacaso – Terceiro amor

O primeiro amor já passou o segundo amor já passou como passam os afluentes como passam as correntes que desencontram do mar Como qualquer atitude também passa a juventude que nem findou de chegar O primeiro amor já passou o segundo amor já passou como passam os espelhos como passam os conselhos ilusões de pedra …

Continue Reading