_ap_ufes{"success":true,"siteUrl":"www.tudoepoema.com.br","urls":{"Home":"https://www.tudoepoema.com.br","Category":"https://www.tudoepoema.com.br/category/adalcinda-camarao/","Archive":"https://www.tudoepoema.com.br/2021/11/","Post":"https://www.tudoepoema.com.br/comunicado/","Page":"https://www.tudoepoema.com.br/coming-soon/","Attachment":"https://www.tudoepoema.com.br/comunicado/minimalist-grey-motivational-quotes-instagram-post/","Nav_menu_item":"https://www.tudoepoema.com.br/6162/","Custom_css":"https://www.tudoepoema.com.br/blacklite-gird/","Oembed_cache":"https://www.tudoepoema.com.br/9570d45b585c8951d60eac9a46f32e4f/","Wp_block":"https://www.tudoepoema.com.br/bloco-reutilizavel-sem-titulo-2/","Wpcf7_contact_form":"https://www.tudoepoema.com.br/?post_type=wpcf7_contact_form&p=69"}}_ap_ufee Arquivos August Stramm - Tudo é Poema
Navegando pela Categoria

August Stramm

August Stramm

August Stramm – Recordação

Poeta August Stramm

mundos emudecem para fora de mim
mundos mundos
negror e palor e cor!
luz na luz!
arder flamejar chamejar
agitar flutuar viver
acercar-se caminhar
caminhar
todos os dorido-esvaídos desejos
todas as acre-escorridas lágrimas
todas as áspero-escarnecidas ânsias
todos os frios fogos sufocados
através da fervitorrente de meu sangue
através do incêndio de meus nervos
através do pensamento-labareda
tempestuam tempestuam
rompem rampam
rodoviam
a ti
a via
a via
a via
para mim!
a ti
a via
meclamorosa
a ti
a via
telírioterna
a ti
a via
flamirrasgada
a ti
a via
impercorrida
nunca
encontrada
via
para
mim!


August Stramm, Os estenogramas líricos de August Stramm – [tradução Haroldo de Campos]

August Stramm

August Stramm – Crepúsculo

Poeta August Stramm

O claro acorda o escuro
O escuro aborta a luz
O espaço rompe os espaços
Farrapos afogam-se na solidão!
A alma dança
E
Oscila e oscila
E
Estremece no espaço
Você!
Meus membros buscam-se
Meus membros roçam-se
Meus membros
Oscilam afundam afundam afogam-se
Na
Imensidão
Você!

O claro aborta o escuro
O escuro devora a luz!
O espaço se afoga na solidão
A alma
Ferve
Ferrolha-se
Para!
Meus membros
Giram
Na
Imensidão
Você!

O claro é luz!
A solidão sorve!
A imensidão escorre
Rasga
Me
Em
Você!
Você!

August Stramm, Poemas-estalactites