Lucas Wisniewski – Passeio

I

quero dormir até virar pedra
repensar sobre o fim
recolocar tudo no seu lugar
mudando todo o jardim

II

vou correr e bater na tua porta
escrever errado em linhas tortas
jogar os dados, apostar na sorte
pois minha única certeza é a morte

vou rasgar os panos que me cobrem
cobrar aquela velha dívida esquecida
esquecer que envelheço a cada dia
adiar a trágica trajetória traçada
traçar todos os pratos que você não fez
enfezar os traiçoeiros que rondam

e assim dar continuidade
ao que não começou
quem precisa de ordem?

III

Passeio no mundo livre
buscando novos verbos e nações
tudo que complete e satisfaça

pétalas multi-coloridas
em narcisos nas margens dos rios
olhando para seus reflexos
e vendo apenas sombra:

ouça os ecos daqueles que amam.

Passeio no mundo livre
correndo pelas pontes e pelos rios
tudo que inspire e seja vivo,
que viva na pele, no pelo,
tudo que complete e satisfaça
a carcaça.

Lucas Wisniewski, 6universos

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.