Leonardo Koury Martins

Leonardo Koury Martins – Uma simples vontade de ter você

Parte,
não mais de mim,
mas daqueles que me cercam
uma vontade imensa
de ter teus lábios junto Assim.

Cai,
como se fosse a ultima esperança,
simples como as fases da lua.

Ter-lhe,
é quase que alma perdida,
numa imensidão profunda
confundida como sombras do mar.
E te desejo,
tanto que você nem imagina
como dói o coração navegante,
de quem tanto quis lhe desejar.

E somente arrepende
de nunca coragem
ter de assim declarar.

 

Leonardo Koury Martins, O Começo da história

Você gostou deste poema?

Você Pode Gostar Também

Sem comentários

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.