José Paulo Paes

José Paulo Paes – Atenção, detetive

Se você for detetive,
descubra por mim
que ladrão roubou o cofre
do banco do jardim
e que padre disse amém
para o amendoim,

Se você for detetive,
faça um bom trabalho:
me encontre o dentista
que arrancou o dente do alho
e a vassoura sabida
que deixou a louca varrida.

Se você for detetive,
um último lembrete:
onde foi que esconderam
as mangas do colete
e quem matou os piolhos
da cabeça do alfinete?

 

José Paulo Paes, Poemas para brincar

Você gostou deste poema?

Você Pode Gostar Também

2 Comentários

  • Responder
    isabel
    19/05/2020 at 11:11

    otimo esses poemas muito bons gostei muito 🙂

  • Responder
    ANA CLARA
    15/06/2020 at 16:58

    Legal

  • Deixe uma resposta

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.