Isabela Escher

Isabela Escher – Presença

As lágrimas imprevistas,
tristes, quentes e instintivas,
ainda estão em mim.
Elas são mais líricas
do que os versos que te escrevi.
Arderam nas minhas pálpebras
no ligeiro desvio do meu olhar.
Tua respiração dolorida e contida
sussurrou que a tua alma
também as sentia queimar.

Nossos lábios estavam brancos de espuma,
quando, depois do beijo salgado,
te sopraram ventos de bruma…

Teias de amar estendi
sobre o vasto e impotente oceano.
Nelas, o suave canto das sereias
e todas as areias pelas quais caminhamos.
Em velas azuis de sonhos em desalinho,
nos amamos sem mapas
em um audaz desafio.

 

Isabela Escher, 15 Poemas

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.