Elis Maria

Elis Maria – Contatos imediatos de qualquer grau

Um sinal
Que seja
De bem ou
Por sem querer, ser mal
Pode ser um desenho no quintal
Uma folha seca de carqueja

Uma mancha de sabão na janela
Que beatos vão dizer
Ser um feito divinal
(e seria aos olhos dela)
Pode ser numa ligação caída
Ou num telefonema cruzado
Pode ser um recado escrito
Ou de longe gritado
Ou no fingir a urgência
De pó de café emprestado
Qualquer coisa que me prove
Que é humano, mas não desse mundo
E se por acaso
O caso contrário disso for
Oras, faça-me o favor!

Tenha a decência
De acreditar na minha crença
Tome logo a providência
De me levar daqui
Depressa
E mesmo sem conversa
No seu disco voa-dor!

 

Elis Maria, 6Universos

Você gostou deste poema?

Você Pode Gostar Também

Sem comentários

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.