Ana Guadalupe – Passé composé

as escadas
pra perguntar sobre as palavras
derrubadas pelo meu sotaque

afirmei que meu amor é
enorme, um móbile
perdido entre arandelas;

disse que meu amor é
firme, retorna com maçãs
e canela nas pernas;

se perguntasse sobre a
fertilidade, os pernilongos,
a falta de sorte,

responderia que meu amor é
forte, chacoalha as árvores
sempre que parte.

Ana Guadalupe, Relógio de Pulso

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.