Zack Magiezi

Zack Magiezi – Amou

Zack Magiezi

Amou
Sem saber direito o que era isso
Amou
Mais uma vez em silêncio amou
Estava diferente
Mais risonha
Meio boba
Inteira boba
De repente o ato de combinar as roupas
ganhou importância grandiosa
Parou de usar o mesmo moletom favorito e surrado
Sorria mais, sorria por tudo, sorria para
o jornal da manhã e para a garota do tempo
Acordava antes do sol
Com apenas um desejo que falava mais alto
que o despertador
Ir para o colégio
Para aprender mais sobre o amor
O amor que senta na fileira do canto
E está sempre distraído atrás de
grandes óculos que não olham para ela

Zack Magiezi, Notas sobre ela

Você gostou deste poema?

Você Pode Gostar Também

Sem comentários

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.