Torquato Neto

Torquato Neto – Do lado de dentro

torquato neto

um dois três quatro
o maior barato
é sair na rua olhando a cara das pessoas
um dois feijão com arroz
a maior barata desfilando na cozinha
mais uma trupe inteira
pastorinhas
três quatro feijão no prato
barato é
era o maior barato
olhar a cara das pessoas
que eu amava loucamente
absolutamente
refletidas no meu trapo
cinco seis falar inglês
francês alemão chinês
vocês se lembram do que nunca aconteceu
e era uma vez
um sete e um oito
comer biscoitocoitobiscoito
e depois sair por aí
feito uma boneca vagabunda
nove dez
comer pastéis comer pastéis!

Torquato Neto, Melhores poemas

Você gostou deste poema?

Você Pode Gostar Também

Sem comentários

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.