Rodrigo Rossi – Soneto do encontro

Ante um vazio de sombra e solidão,
Corrompido por chamas de tristeza,
Surge a romper com uma arda frieza
Uma luz a extinguir a escuridão.

Um arco-íris a cortar o céu
E um coração que, ao te ver, alegrar
Tanto, cuja vontade é de tocar
As nuvens, e delas buscar o véu

Diante de mim, quando sua imagem
Surgiu, tirou-me do vagueio errante
Daquele tempo, agora e doravante.

E em meu espírito fica a mensagem:
Que sua vista atrai felicidade
E ausência saudável saudade.

Rodrigo Rossi, Amores e Dissabores 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.