Rainer Maria Rilke – Nascimento de Cristo

Não fosse a tua simplicidade, como poderia
acontecer o que agora ilumina a noite?
Ora vê, o Deus que trovejava sobre as nuvens
Faz-se benigno e vem ao mundo em ti.
Imaginavas que ele fosse maior?
O que é a grandeza? Através de toda a matéria
que atravessa, segue o seu destino.
Nem uma estrela tem igual caminho.
Vês, estes reis são grandes,
e rastejam diante de ti, do teu colo.
os tesouros, que eles julgavam ser os maiores,
– e tu talvez te espantes com este dom –
vê agora nas pregas do teu vestido
como ele já ultrapassou tudo o que existe.
Todo o âmbar, que é embarcado ao longe,
cada jóia de ouro e o perfume das especiarias,
que se espalham e perturbam os sentidos:
foi tudo de pouca duração
e depois muito se arrependeram.
Mas Ele (como verás): Ele alegra os corações.

Rainer Maria Rilke, A Vida de Maria

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.