Mia Couto

Mia Couto – Falas de uns

mia couto

O caçador fala, 
o marinheiro cala. 

Um vive de morte emboscada, 
outro se amarra em cais de partida. 

O homem faz amor 
para se sentir bem. 

A mulher faz amor 
quando se sente bem. 

Uns falam. 
Outros apenas fogem do silêncio. 

Uns amam. 
Outros de si mesmos escapam. 

 

Mia Couto, Tradutor de chuvas

Você gostou deste poema?

Você Pode Gostar Também

Sem comentários

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.