Gabriela Mistral

Gabriela Mistral – Balada

Gabriela Mistral

Ai! Passou com outra;
eu o vi passar.
Sempre doce o vento
e o caminho em paz.
E esses olhos míseros
viram-no passar!

Ele vai amando a outra
pela terra em flor.
O espinho se abriu,
passa uma canção.
E ele amando a outra
pela terra em flor!

Ai! Beijou a outra
à beira das praias;
resvalou nas ondas
a lua nupcial.
E não vi meu sangue
na extensão do mar!

Seguirá com outra
pela eternidade.
Os céus serão doces.
(Deus está calado.)
E ele irá com outra
pela eternidade.

Gabriela Mistral, Poesias escolhidas

Você gostou deste poema?

Você Pode Gostar Também

Sem comentários

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.