Flora Figueiredo

Flora Figueiredo – Curativo

flora figueiredo

Quanto dura uma crise de amor?
Ela tem cura?
Como se estanca o sangue da fissura?
Colam-se os cacos?
Cospem-se os sapos?
Rasgam-se os trapos?
Se houver receita que atenue o machucado,
quem sabe um dia ainda se veja restaurado
este pobre coração de esparadrapo.

 

Flora Figueiredo, Limão rosa

Você gostou deste poema?

Você Pode Gostar Também

Sem comentários

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.