Ferreira Gullar

Ferreira Gullar – Ocorrência

Ferreira Gullar

Aí o homem sério entrou e disse: bom dia
Aí o outro homem sério respondeu: bom dia
Aí a mulher séria respondeu: bom dia
Aí a menininha no chão respondeu: bom dia
Aí todos riram de uma vez
Menos as duas cadeiras, a mesa, o jarro, as flores, as paredes, o relógio, a
lâmpada, o retrato, os livros, o mata-borrão, os sapatos, as gravatas, as camisas,
os lenços

Ferreira Gullar, O Vil Metal

Você gostou deste poema?

Você Pode Gostar Também

Sem comentários

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.