Braz Campos Durso

Braz Campos Durso – Não me leve

Não caminhe por caminhos
Que o destino não nos levará
Não permita-me te encontrar
Onde não mais possa te tocar

Você ainda nem descobriu
Toda a força do amor
Nem sabe ao menos
Reconhecer qual o valor

Momentos fecundos
Calados em seu coração
Aprisionados dentro
De uma única canção

Por isso não me leve
Aonde não possa desejar
Desafios nascidos
Nas incertezas do pensar

 

Braz Campos Durso, Janelas abertas

Você gostou deste poema?

Sem comentários

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.