Bráulio Bessa

Bráulio Bessa – Poesia que transforma

A poesia me transforma
em tantas formas.

Quando escrevo deixo de ser eu,
me transformo em ninguém
pra me transformar em todo mundo.

A poesia é transformação,
é verbo e ação.
Transformar…
O ódio em amar
O Sertão em mar
O silêncio em falar
A dor na coluna em dançar
A timidez em cantar
A desesperança em sonhar
O medo de altura em voar e saltar
A ré em recomeçar.

A poesia me transformou
e me fez transformador.

 

Bráulio Bessa, Poesia que transforma

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.