Bráulio Bessa

Bráulio Bessa – Amor ideal

Repare,
…que tanta gente no mundo
corre em busca do amor,
alguém que seja ideal,
aquela altura, aquela cor,
aquele extrato bancário,
aquele belo salário,
há quem ligue pra idade,
pra raça, religião…
Mas quem busca perfeição
não busca amor de verdade.

O ideal é amor,
inclusive o diferente!
Afinal que graça tem
amar uma cópia da gente?
Procure sem ter critérios,
o amor tem seus mistérios…
Deixa a gente atordoado.
Você sai a procurar
e ao invés de achar
acaba sendo achado.

E quando o amor lhe acha
não tem pra onde correr.
Finda logo essa besteira
de mil coisas pra escolher,
finda todo preconceito…
É como se no seu peito
coubesse o mundo inteiro,
com todo tipo de gente
e aceita que o diferente
é só alguém verdadeiro.

Percebe que a estrada
é repleta de amor,
e você nessa jornada
vai sorrir, vai sentir dor,
vai errar e acertar
na peleja pra encontrar
Um sentimento real.
Uma dica, companheiro:
se o amor for verdadeiro
já é o amor ideal.

 

Bráulio Bessa, Poesia com rapadura

Você gostou deste poema?

Você Pode Gostar Também

Sem comentários

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.